• Outubro Rosa
  • Inscrição para seleção da Câmara Mirim 2022
  • 20211022    SS Justina Fachini
  • Inscrição para seleção da Câmara Mirim 2022
Imprimir
PDF

Oitocentos dias depois, Joinville volta a dançar

Publicado em Notícias - Assuntos Gerais

Palco da Feira da Sapatilha

Pela passarela Charlot, leva dois minutos para sair da Câmara de Vereadores e chegar ao “centro administrativo” da Capital Nacional da Dança. Do outro lado do rio Cachoeira, os dançarinos - autoridades locais durante os dias de festival – se aquecem para pisar no palco joinvilense 800 dias depois da última edição do evento. Desde que estiveram na cidade, em julho de 2019, vacina não era passaporte para o mundo da dança, como agora. Mas as máscaras, pelo menos, podem ser tiradas no palco, para a satisfação de Kamila Fontes. “Não dava para me expressar como eu gostaria, você perde o ar, fica ofegante”, disse a bailarina de 16 anos, de Florianópolis.

Na tarde desta quinta-feira (7), Kamila e Beatriz Figueiredo, de 14 anos, tiraram o fôlego do público, esse de máscara, ao se apresentarem vestidas e maquiadas como gatas no palco da Feira da Sapatilha. A coreografia remetia a “Cats”, um musical norte-americano. Nos bastidores, elas contam que os dias de ensaio, sem apresentações, em razão da pandemia, aumentaram o nervosismo da reestreia em Joinville. “É muito triste ensaiar e não poder se apresentar”, diz Beatriz.

Kamila e Beatriz fizeram apresentação inspirada em Cats

Aos poucos, a feira vai saindo da batida lenta da pandemia. Mariana Fernandes tem um estande de sapatilhas e artigos de dança. O movimento de clientes caiu pela metade, ela notou, nos últimos dias, com a capacidade reduzida de frequentadores no centro de exposições. A crise econômica também pesa, fazendo os clientes reduzirem os gastos. O trailer de açaí, do lado de fora, no entanto, já vende quase o mesmo das edições anteriores.

Gabriel Ferreira, de SP, se apresenta nesta sexta

Saindo da bilheteria, ao lado das salas de aplicação de vacinas contra Covid-19, no Centreventos, Gabriel Ferreira Santos, de 21 anos, está nervoso, mesmo com onze anos de carreira. Sua apresentação solo neoclássico é nesta sexta-feira (8), na categoria sênior masculino. A companhia dele, a Phalibis Cia. Jovem, de São Paulo, trouxe 12 bailarinos para conhecerem o evento, que consideram o grande palco do Brasil. O coreógrafo Rafael Trevisan diz que a maior “briga” neste tempo de indefinições não foi física, mas “emocional”. Eles estavam preparados para viajar a Joinville, em 2020, quando o Festival de Dança fora cancelado, mais uma vez.

Imunizada com duas doses, a paraense Concita Moraes Costa, de 52 anos, tirava selfies com a filha e os netos na sapatilha gigante no gramado do Centreventos. “Tenho dois netos que vão dançar”, contou, animada e confiante pela dupla vacinação.

Movimento na Feira da Sapatilha ainda está baixo

Noite de Abertura

O Corpo de Dança do Amazonas (CDA) abriu essa edição de outubro do festival, na noite desta quarta-feira (6). Na montagem, que levou o título de “TA”, o grupo trouxe os Tikunas, povo originário do Amazonas, para Joinville.

“Foi um momento muito bonito e emocionante, a volta do festival. A gente sentia e via a alegria dos bailarinos, que arrancaram muitas palmas da plateia”, conta o presidente Maurício Peixer (PL), que representou a Câmara na abertura. “O ponto alto foi a organização do evento, bastante gente circulando na feira, apesar do número limitado de público, que é obrigatório, o evento está sendo um sucesso”, relata.

A paraense Concita está duplamente vacinada

"É muito bom ver novamente a presença de bailarinos em nossa cidade. Foi emocionante ver o palco do Centreventos brilhar. A dança dá vida e a arte um novo fôlego que tanto precisávamos”, afirma o vereador Brandel Júnior (Podemos), que também esteve na abertura.“Parabéns aos envolvidos, organizadores, patrocinadores e bailarinos por perseverarem para que este evento voltasse a abrilhantar Joinville".

O Festival de Dança vai até a próxima quinta-feira (14), no Centreventos Cau Hansen. Informações e o link para venda de ingressos estão disponíveis no site www.festivaldedancadejoinville.com.br.


Texto
Carlos Henrique Braga
Foto
Mauro Artur Schlieck
Edição
Josi Tromm

Notícias Relacionadas


Se você quer fazer uma correção, sugestão ou crítica, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br