• Audiência Pública
  • Acesse o portal da transparência
  • Recesso
  • Mirins
Blog da LOT

Noite de homenagens pelos 160 anos de Joinville

O plenário da Câmara de Vereadores ficou pequeno para a tripla homenagem ocorrida na noite desta quinta-feira. A sessão solene, a 4º do 3º ano legislativo, homenageou a cidade pelos 160 anos de fundação, realizou a entrega da medalha de mérito Mulher Cidadã joinvilense e fez a entrega de placas de mérito aos soldados do 62º Batalhão de Infantaria que serviram na missão de paz do Haiti.

As mulheres homenageadas foram indicadas pelas bancadas do Legislativo. Todas são reconhecidas em suas respectivas regiões e áreas de atuação pelos relevantes trabalhos sociais que executam.

  • A bancada do PSDB homenageou Zulma Nicodemos.
  • O PP indicou Ady Lopes dos Santos.
  • O DEM homenageou Maria Marlene Ritzmann.
  • Já o PPS lembrou de Waldete Molinari.
  • A bancada do PMDB indicou Maria de Lourdes Pacheco de Vasconcellos.
  • O PT prestou sua homenagem a Irma Kniess.
  • A bancada do PDT indicou Maria Paula Campos de Almeida.
  • O PSL prestou sua homenagem a Maria Marta da Cruz Wittkowski.

No final da sessão, 29 militares do 62º Batalhão de Infantaria receberam placas em reconhecimento aos trabalhos desenvolvidos no Haiti. Empenhados em diversas missões naquele país, como postos de bloqueios de estradas, patrulhamentos, manutenção da paz e trabalhos sociais em prol da população haitiana. Segue a relação dos homenageados:

  • Capitão André Luiz do Nascimento Cabral
  • Cabo Osmar Franco Lopes
  • 1º Tenente Rodrigo Caetano Gomes
  • 2º Sargento Altair Lorenzi
  • 3º Sargento Leandro Moreira de Ramos
  • Cabo Emerson Giaretta
  • Soldado Willian Roberto Tobler
  • Soldado Maicon H. Prudêncio de Oliveira
  • Soldado Clederson de Moraes Coutinho
  • Cabo Gabriel Roncelli Barbosa
  • Cabo Germano Plestch
  • Soldado Sidnei Manoel dos Santos Pires
  • Soldado Rafael Alexandre Ferreira do Vales
  • 3º Sargento Ivan de Andrade
  • Cabo Carlos Eduardo Ferreira
  • Cabo Ezequiel Vingra da Silva
  • Soldado Maurício Renan Maciel
  • Cabo Anderson Fortunato dos Santos
  • Soldado Jeferson Nunes do Nascimento
  • Soldado Marco Antonio Malinoski
  • Soldado Jonas Pantano
  • 2º Sargento Antonio Jean Antunes da Silva
  • Cabo Thiago da Cunha
  • Soldado Rudinei Alves
  • Soldado Deivis Antonio Soares
  • Soldado Alderi Silveira Borges
  • Cabo José Luiz Mello
  • Soldado Ricardo Roos
  • Soldado Adenilso da Silva Oliveira

Matéria conjunta de Marcos de Oliveira, Felipe Faria e Gabriel Baggio, jornalistas.
Fotos de Nilson Bastian e Sabrina Seibel.
Diretoria de Comunicação Social 

{jcomments on}

Produtores rurais pedem apoio à CVJ

Os produtores rurais Tarcísio Jannig, Egon Leitzke e Armelindo Rafael Dadan procuraram o presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes para manifestar a preocupação da categoria em relação ao serviço de inseminação artificial no rebanho bovino da região. De acordo com os produtores, o técnico agrícola Wilmar Andreas Roos, profissional especializado que atende a toda a região, recebe apoio da prefeitura para prestar este serviço, porém, o contrato que ele possuía com a Fundação Municipal 25 de Julho venceu em dezembro e surgiu um entrave burocrático para a renovação. “Existe uma alternativa, mas precisamos é que a solução seja ágil, pois fomos informados que tende a demorar, pois precisa ser avaliado pelo setor jurídico da prefeitura”, disse Tarcício. Eles solicitaram ao parlamentar para que interceda junto a prefeitura temendo a possibilidade de ficarem sem este serviço. Odir Nunes, juntamente com uma comissão de produtores rurais, irão reunir-se com o procurador Naim Andrade Tannus para uma solução para o caso.{jcomments on}

Comde quer a criação de Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania

O presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes recebeu, na manhã de hoje, a visita do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comde), Sérgio da Silva que solicitou o apoio do legislativo para que seja criada a Secretaria dos Direitos Humanos e Cidadania na cidade. De acordo com Silva, Joinville possui 74 mil pessoas com algum tipo de deficiência, sendo 22 mil surdos e mudos, e uma repartição específica para dar atendimento aos deficientes vai agilizar ainda mais as políticas públicas voltadas à acessibilidade, “hoje ainda um dos maiores problemas enfrentados pelos deficientes”, reforça o presidente do Comde. Ele relatou que Joinville, juntamente com outras cinco cidades, foi destaque nacional como “Cidade Acessível a Direitos Humanos”. Para Sérgio, isso é fruto do trabalho desenvolvido pelo Comde, como: a distribuição de 32 mil cópias do decreto nº 5.296/04 que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência; transporte coletivo acessível; obrigatoriedade de acessibilidade em prédios e estabelecimentos públicos, seminários; oficinas; reuniões com autoridades; etc. “Inclusive, de 14 de maio a 1º de abril, vamos promover oficina de acessibilidade, será das 8 às 18 horas, na Faculdade Anhanguera e em setembro, quando o Comde completa 10 anos, pretendemos realizar um seminário sobre o tema, ainda falta muito a ser feito para melhorar a acessibilidade para os deficientes”, informa. Odir Nunes disponibilizou o serviço de divulgação, a Tribuna Livre, TV Câmara e as instalações do legislativo como apoio ao Conselho.{jcomments on}

Produtores rurais pedem apoio à Câmara de Vereadores

Os produtores rurais Tarcísio Jannig, Egon Leitzke e Armelindo Rafael Dadan procuraram o presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes para manifestar a preocupação da categoria em relação ao serviço de inseminação artificial no rebanho bovino da região. De acordo com os produtores, o técnico agrícola Wilmar Andreas Roos, profissional especializado que atende a toda a região, recebe apoio da prefeitura para prestar este serviço, porém, o contrato que ele possuía com a Fundação Municipal 25 de Julho venceu em dezembro e surgiu um entrave burocrático para a renovação. “Existe uma alternativa, mas precisamos é que a solução seja ágil, pois fomos informados que tende a demorar, pois precisa ser avaliado pelo setor jurídico da prefeitura”, disse Tarcício. Eles solicitaram ao parlamentar para que interceda junto a prefeitura temendo a possibilidade de ficarem sem este serviço. Odir Nunes, juntamente com uma comissão de produtores rurais, irão reunir-se com o procurador Naim Andrade Tannus para uma solução para o caso.{jcomments on}

Comde quer Secretaria de Direitos Humanos

O presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes recebeu, na manhã de hoje, a visita do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comde), Sérgio da Silva que solicitou o apoio do legislativo para que seja criada a Secretaria dos Direitos Humanos e Cidadania na cidade.

De acordo com Silva, Joinville possui 74 mil pessoas portadoras de algum tipo de deficiência, sendo 22 mil surdos e mudos, e uma repartição específica para dar atendimento aos deficientes vai agilizar ainda mais as políticas públicas voltadas à acessibilidade, “hoje ainda um dos maiores problemas enfrentados pelos deficientes”, reforça o presidente do Comde.

Ele relatou que Joinville, juntamente com outras cinco cidades, foi destaque nacional como “Cidade Acessível a Direitos Humanos”. Para Sérgio, isso é fruto do trabalho desenvolvido pelo Comde, como: a distribuição de 32 mil cópias do decreto nº 5.296/04 que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência; transporte coletivo acessível; obrigatoriedade de acessibilidade em prédios e estabelecimentos  públicos, seminários; oficinas; reuniões com autoridades; etc.

“Inclusive, de 14 de maio a 1º de abril, vamos promover oficina de acessibilidade, será das 8 às 18 horas, na Faculdade Anhanguera e em setembro, quando o Comde completa 10 anos, pretendemos realizar um seminário sobre o tema, ainda falta muito a ser feito para melhorar a acessibilidade para os deficientes”, informa.

Odir Nunes disponibilizou o serviço de divulgação, a Tribuna Livre, TV Câmara e as instalações do legislativo como apoio ao Conselho.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br